LHC define parâmetros para busca da “partícula de Deus”

O Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern) anunciou nesta terça-feira os parâmetros que o Grande Colisor de Hádrons (LHC) vai usar este ano na busca pelo bóson de Higgs, apelidado “partícula de Deus”, e outros experimentos. A energia do feixe de prótons do acelerador de partículas será elevada em 0,5 teraeletronvolts (TeV) para 4 TeV de forma a acumular o maior número de dados o possível para confirmar ou descartar a existência do Higgs ainda em 2012 e antes que o LHC faça uma longa pausa em suas operações.

– Quando começamos a operar o LHC, em 2010, escolhemos o feixe mais fraco e seguro que fosse consistente com a física que queríamos fazer – explicou Steve Myers, diretor de aceleradores e tecnologia do Cern. – Dois bons anos de experiência operacional com o feixe e medições adicionais feitas durante 2011 nos dão a confiança para elevar um pouco a energia e, assim, estender o alcance dos experimentos antes que o LHC faça uma longa pausa.

Das 32 partículas fundamentais do Universo (prótons, nêutrons, elétrons, entre outras) previstas pelo Modelo Padrão da Física, formulado em 1964, o Higgs é a única que ainda não foi detectada. Segundo a Teoria da Relatividade de Albert Einstein e sua famosa equação E=MC2, energia e matéria são intercambiáveis. Um próton tem uma massa de 1 gigaeletronvolts (GeV). No fim do ano passado, os cientistas do Cern informaram que já conseguiram reduzir em muito o espaço onde ele pode estar se escondendo, além de terem revelado o local deste possível “esconderijo”. Os dados, no entanto, ainda não são suficientes para qualquer conclusão definitiva sobre a existência do bóson, e no fim deste ano o LHC vai parar de funcionar por 20 meses para ser preparado para operar à energia máxima para a qual foi desenhado, de 7 TeV.

– Quando o LHC for passar por essa longa parada no fim deste ano, saberemos se a partícula Higgs existe ou se excluímos a existência de um Higgs dentro do Modelo Padrão – disse Sergio Bertolucci, diretor de pesquisas do Cern. – Qualquer uma das descobertas saria um grande avanço na nossa exploração da Natureza, aproximando-nos da compreensão de como as partículas fundamentais adquirem sua massa e marcando o início de um novo capítulo na física de partículas.

Anúncios
por Professor Leandro Aguiar Fernandes

Um comentário em “LHC define parâmetros para busca da “partícula de Deus”

  1. Será que finalmente será definida uma unificação na natureza, ou cairemos mais uma vez no princípio da incerteza de Heinsenberg onde sempre teremos uma incógnita.?!Os teóricos de cordas continuam orando para que a matéria continue sendo um mistério por um bom tempo ainda.
    Fico me perguntando qual seria o impacto psico-social que terá no mundo se o Bóson realmente existir.Como as pessoas reagiriam a tal informação, já que a ciência é tão criticada por brincar de Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s