SBF trabalha para regulamentar profissão de físico

Carta enviada a senador pelo presidente da SBF, Celso Pinto de Melo, solicita desarquivamento de projeto de lei que regulamenta o exercício da profissão de Físico.

Com o início da nova legislatura em Brasília, a Sociedade Brasileira de Física volta a se engajar na regulamentação da profissão do físico. A instituição, por meio de seu presidente, Celso Pinto de Melo, enviou nesta semana uma carta ao senador Marcelo Crivella, que em 2005 havia criado Projeto de Lei no sentido de dar encaminhamento à questão. Por força da mudança na composição do Congresso, o PL foi arquivado no dia 21 de janeiro.

A iniciativa, que tem por objetivo permitir aos físicos acesso livre aos mercados de trabalho relativos à sua profissão, foi reportada na edição desta sexta-feira do jornal Folha de S.Paulo.
O problema surge quando físicos precisam atuar em áreas multidisciplinares, como na medicina ou na geofísica. Sem regulamentação adequada, eles podem ser impedidos de atuar, por exemplo, na área de equipamentos para diagnóstico médico que envolvam processos físicos. “O profissional de radiação pode ser um físico que entende de saúde”, exemplifica Celso de Melo.

Na carta enviada no dia 21, por e-mail, ao senador Crivella, a SBF solicita o desarquivamento do Projeto de Lei No. 159 de 2005, que dispõe sobre o exercício da profissão de físico, e dá outras providências. “Na oportunidade, coloco a Diretoria e Conselho de nossa Sociedade inteiramente à disposição de V. Ex.a para prestar qualquer informação, bem como participar de qualquer reunião, que se façam necessárias ao bom andamento do projeto de lei pelas diversas instâncias do Congresso Nacional”, escreve Celso de Melo, na missiva enviada ao congressista.

Uma consequência natural da regulamentação da profissão é a futura criação de um Conselho Regional de Física, que possa controlar e defender os interesses de seus afiliados e garantir aos profissionais da área o direito de atuar nos mais diversos campos que essa área da ciência abrange.

Para ler a carta enviada pela SBF ao senador Marcelo Crivella, acesse:

http://www.sbfisica.org.br/v1/arquivos_diversos/noticias/CPM__carta_M_Crivella_21022011.pdf

Anúncios
por Professor Leandro Aguiar Fernandes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s